Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

zona de desconforto.

zona de desconforto.

01
Out15

Workout report - A avaliação

Depois de três dias a ligar para o Solinca para tentar saber porque raio de carga de água ainda ninguém me tinha contactado para marcar a avaliação física - "Que estranho! Vou ver o que se passa e já lhe ligo" e nada!... - , lá a consegui agendar e ontem foi o dia! Pensei que ia sair dali com um super plano de treino, mas não. O que aconteceu foi tooooooooda uma conversa interminável com um Personal Trainer sobre a minha condição física e os meus objectivos, com umas tentativas de me vender aulas de PT lá pelo meio, que durou cerca de 1h30. O treino per se só o vou conhecer e começar hoje. Me-do! O primeiro treino vai ser acompanhado por ele, certamente como última tentativa de me fazer comprar 2 meses de treinos acompanhados, que isto é gente que não dá ponto sem nó, e daí para a frente estarei a fazer as coisas por minha conta. 

 

Depois de tiradas todas as medidas e de me pesar chegámos à conclusão que, entre outras coisas, tenho 32% de massa gorda que, não sendo dramático, devia descer para 27, numa primeira fase. O peso está nos 54 "mas devia aumentar uns 4kg", disse ele delirante. Ahahahahahahah. 58kg. Eu! Disse-lhe logo que devia estar doido, que era só o que faltava, que eu com 58kg ia ficar uma bola. Portanto vamos trabalhar para manter os 54kg. Bem, se descer para 53 também ninguém se importa. 

Também me disse que era bom controlar a alimentação e as doses e contar as calorias que ingiro - segundo ele devem ser 1322 por dia - e ir a um dietista/nutricionista para me ajudar nessas coisas, mas pus essas dicas automaticamente de lado. Não sou NADA o tipo de pessoa de andar a contar calorias nem vou ser uma nerd do fitness que a partir de agora só come arroz, ovos e peito de frango grelhado. Não! Não, não, não, não, não. A única coisa que quis saber e me vou esforçar para cumprir é o que devo comer antes do treino para não cair para o lado a meio. Já me aconteceu há uns anos e foi um bocado assustador. 

 

Como tenho escoliose e hiperlordose vou estar limitada nos exercícios de musculação porque não vou poder usar muitas das máquinas mas, disse ele, vou passar muito tempo na zona hardcore do ginásio. Tremi mas quis logo ver do que é que ele estava a falar para saber ao que vou. Então a zona hardcore é onde vivem todos os pesos livres e onde treinam os aspirantes a Vin Diesel lá do sítio. Fiquei estupefacta.

- Você vai-me pôr a treinar aqui?

- Qual é o problema?

- Qual é... isto é horrível!! É só pesos por todo o lado e homens enormes com veias a rebentar! Já olhou bem para mim?

Juro que a conversa foi textualmente isto. Aquilo, aquela sala hardcore, é para lá de intimidante para mim que nem 5kg consigo levantar. Ele riu-se e pediu-me para não partir com ideias preconcebidas. É difícil, mas vou tentar. Pelo que percebi as máquinas de musculação não me permitem adaptar os exercícios à minha condição física e com os pesos livres será mais fácil fazê-lo. Estou para ver no que isto vai dar.

 

O objectivo daqui para a frente é ir ao ginásio 3 vezes por semana, de forma consistente!, e alternar entre o plano de treino que ele me vai passar, aulas de TRX, CXWorX e Body Balance. A ideia é ir variando para não me fartar e não habituar o corpo sempre aos mesmos exercícios.

Vamos lá começar isto!

 

88ac5015ad3f2a5c0918b52a7b95c43d.jpg

 

 

 

 

Wish me luck.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D